GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: O PAPEL DA CONSCIENTIZAÇÃO E REEDUCAÇÃO POPULAR NA REDUÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS NO MUNICÍPIO DE FORMOSA-GO

  • Rúbia Pizzoni Fernandes Pizzoni Fernandes Faculdades Iesgo
  • Yngrid Nogueira Manhezzo
  • Carla Beatriz de Almeida
Palavras-chave: Palavras-chave: Resíduos sólidos. Reciclagem. Coleta seletiva. Conscientização ambiental.

Resumo

Resumo: Com a expansão territorial e populacional do município de Formosa-GO no decorrer do último século, proveio à produção exacerbada de resíduos sólidos, gerando a necessidade de regulamentar sua gestão. Ligados a este fator, surge uma grande problemática decorrente da carência de informação e ausência de políticas de conscientização popular, acarretando um grande desequilíbrio no meio ambiente local. A Constituição Federal garante aos indivíduos o direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado, sendo este um bem autônomo a que todos temos direito de uso comum. Neste ínterim, a preservação e a proteção do meio ambiente são impostas não só ao Poder Público, mas também a toda coletividade. É facilmente perceptível o descaso com o meio ambiente ao adentrar no município, eis que resíduos sólidos predominam os terrenos baldios, ruas, canteiros, praças dentre outros locais públicos. Consideramos fundamental e pertinente a abordagem desta temática, vislumbrando uma solução cabível, para que assim, seja realizado políticas de intervenção que solucionem a presente problemática. A primazia da inviolabilidade dos direitos coletivos deve ser respeitada, garantindo a eficácia do princípio da solidariedade intergeracional, para que as futuras gerações possam também usufruir de forma saudável dos recursos naturais ambientais.

 

 

Publicado
2020-02-20