COMPARTILHAMENTO DE BENEFÍCIOS TECNOLÓGICOS: REFLEXÕES A PARTIR DO PRINCÍPIO DA SOLIDARIEDADE E COOPERAÇÃO

  • Iane Almeida IESGO

Resumo

O presente artigo tem como escopo refletir sobre o compartilhamento de benefícios tecnológicos a partir do princípio da solidariedade e cooperação num contexto de exercício da Bioética e dos Direitos Humanos. Apresenta-se a Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos – DUBDH da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO como documento internacional fundamental no contexto social da Pós-modernidade e discute-se o projeto de pesquisa desenvolvido pelo professor Emerson Fachin Martins da Universidade de Brasília – UnB sobre tecnologias assistivas. Concluímos que o referido projeto permite abordagens interdisciplinares, cooperação técnica internacional e compartilhamento de benefícios aos participantes do estudo

Publicado
2019-05-16